Na extensa lista de conquistas e marcos importantes na vida de uma criança, estão os primeiros passos do bebê. Após meses de preparação e treinamento, ele se sentira pronto e deixara de se segurar nos moveis aprendendo a andar e quando menos imaginar correr pela casa.Desde o nascimento, o bebê esta em constante desenvolvimento da coordenação motora. A cada mês um novo descobrimento, um novo passo e um novo aprendizado. Cada detalhe tem extrema importância para o amadurecimento da criança que necessitara de aperfeiçoamento diariamente. No inicio eles se arrastam de forma engraçada e ao fortalecer os músculos da perna, começam a engatinhar.

Engatinhando eles conseguem chegar a locais antes não explorados e terão mais facilidade dessa forma em se segurar em sofás, camas e se levantar. Andarão por todo lugar se segurando e dessa forma estabelecendo cada dia mais o equilíbrio.Normalmente esse momento é esperado com muita ansiedade pelos pais e avôs, porem muitas das vezes o estímulo que a família dá acaba sendo exagerado e podem acabar gerando insegurança e ate mesmo desenvolvendo problemas graves na estrutura óssea da criança, além das pernas podendo lesionar a coluna vertebral. Os primeiros passos serão dados no momento certo e so ocorrerão quando o bebê sentir-se seguro e confiante. Alguns estímulos saudáveis são bem vindos, para que o bebê sinta cada vez mais firmeza em suas pernas o que auxiliará na melhora do equilíbrio quando se sentir pronto.

O uso do andador que antigamente era utilizado com bebês a partir dos 8 meses de idade proporcionando mais liberdade, hoje tem sua venda e utilização proibida. Estudos comprovarão que o andador causa danos nos músculos superiores das pernas e afeta na habilidade de equilíbrio, além de ensinar o bebê a andar de forma incorreta, nas pontas dos pés. Estímulos saudáveis podem acontecer ate mesmo durante uma brincadeira. Os bebês costumam imitar as ações dos pais, e durante a diversão agachar e levantar é uma forma de ensina-lo e fortalecer os músculos de suas pernas. Outra forma bem habitual e que eles adoram, éempurrando brinquedos, seja um carrinho de mercado de brinquedo ou ate mesmo uma cadeira. Só que esse tipo de estimulo deve ter a supervisão de um adulto, já que o risco de cair e machucar são maiores.

Normalmente as mamães amam comprar sapatos de diversos modelos, cores e solados diferentes, mas o que não sabem é que bebês nessa fase necessitam também de ficar descalços para melhorar sua percepção de onde pisa e sentir o chão, coisa que com um sapato é impossível acontecer. Com os pés descalços, o bebê consegue ter mais segurança e sentir aonde esta pisando. Outro ponto muito importante é não ficar evitando que o bebê caia quando se desequilibra. As quedas auxiliam no desenvolvimento e é através delas, que eles aprenderão a se levantar e a se equilibrar novamente. E o melhor estimulo de todos, chame o bebê e faça-o ir ate você.  Brinquedos na mão podem chamar a atenção para que eles venham buscar, no inicio podem começar a ir engatinhando, mas com o tempo vão criando segurança e se soltarão no tempo adequado.

 

Fonte: http://www.trocandofraldas.com.br/primeiros-passos-do-bebe/